4 de dezembro de 2020 às 05:51
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Usina Eólica da ENGIE na Bahia fica entre os dez parques mais eficientes do Brasil


Publicado em: 30/08/2020 8:30
Por: Luciana Bispo Ascom | ENGIE Brasil Energia | Imagem: Divulgação


O mês de agosto foi marcado pelo registro de recordes na geração de energia eólica no Nordeste do Brasil. No dia 06 de agosto, o sistema atingiu um fator de capacidade de aproximadamente 71,6%, produzindo cerca de 9.049 MW médio, o suficiente para abastecer 94% da demanda de energia elétrica de toda a região, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).A ENGIE fez parte deste marco com suas Usinas localizadas no Ceará e na Bahia, as quais somam 899,3MW de capacidade instalada.Neste dia, a ENGIE, através das suas eólicas do Nordeste, produziu cerca de 754 MW médio, o que representou 8,3% de toda energia eólica gerada na região. O Conjunto Eólico de Umburanas da ENGIE atingiu um fator de capacidade de 94% no dia do recorde.

No 22 de agosto houve um novo recorde, com pico de geraçãode 10.169 MW, a um fator de capacidade de 81%, o suficiente para abastecer97% da demanda de toda a região Nordeste – mais de 18 milhões de domicílios. A ENGIE, neste dia, produziu613,4 MW médio, o equivalente a 6,6% da geraçãoeólica no Nordeste. A operação de Umburanasalcançou 78,57% de fator de capacidade.

“Nossa equipe local de operação e manutenção têm a missão de manter a alta disponibilidade dos aerogeradores para aproveitar a força dos ventos. O resultado do desempenho dos parques é fruto do planejamento que aloca as paradas de manutenção preventiva para momentos com menor intensidade de vento, além de contar com sistemasde análise preditiva de falhas e boas práticas visando a excelência operacional”, ressalta Mario Cusatis, gerente da Regional Nordeste da ENGIE Brasil Energia. Além da equipe local, as usinas ainda contam com a supervisão durante 24 horas do Centro de Operação da Geração, localizado em Florianópolis/SC, na sede da empresa.

Na Bahia, dois parques eólicos se posicionaram no ranking operacional dos 10 projetos mais eficientes do Brasil no mês de maio, entre os 633 parques medidos para o período. Os parques Umburanas 6 e Umburanas 8 ocuparam a 2º e 4º posição do ranking, respectivamente.Os dados são da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), compilados e divulgado pelo portal e PowerBay, formando o Ranking Operacional Eólico.

 

Comentários