23 de setembro de 2019 às 15:15
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Uesb assina convênio para oferecer serviços tecnológicos em Jequié


Publicado em: 04/09/2019 17:27
Por: Ascom Uesb | Fotos: Divulgação


No final da tarde da última segunda, 2, na sede da Prefeitura Municipal de Jequié, foi assinado o convênio de cooperação estabelecido entre o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Software (CPDS) da Uesb e o município de Jequié, com o intuito de elaborar o Plano Diretor de Tecnologia de Informação e Comunicação (PDTIC) para a cidade.

O PDTIC tem como objetivo prover ao cidadão jequieense acesso ágil, simplificado e transparente aos serviços municipais a partir do uso intensivo das Tecnologias de Informação e Comunicação. Visa ainda modernizar os processos de gestão do município de forma a otimizar as ações necessárias para o alcance de metas, políticas e diretrizes estabelecidas como plano de governo para a cidade. Tais propósitos tendem a transformar o município em uma Cidade Digital e consolidá-lo como Polo de Desenvolvimento de Software e outras Tecnologias.

Sobre o convênio firmado, o professor Luiz Otávio de Magalhães, reitor da Uesb, ressaltou a disponibilidade da expertise da Universidade para a sociedade. “É extremamente importante, em primeiro lugar pelo reconhecimento da Universidade. O que a Instituição está colocando aqui, à disposição da gestão pública municipal, é um conjunto de conhecimentos produzidos pelos professores e estudantes para criação de instrumentos de gestão, […] demonstrando os saberes, as tecnologias, os conhecimentos que nós temos organizados na Universidade e vendo as melhores maneiras de colocar esses conhecimentos a serviço do desenvolvimento regional”, argumentou Magalhães.

O prefeito de Jequié, Luiz Sérgio Suzarte Almeida, destacou a inovação e o ineditismo da iniciativa. “É inovador para nossa gestão e inédito para o município de Jequié. Com o PDTIC, a gente vai poder efetivamente contribuir na formação de uma massa de pessoas que vão pensar, que vão desenvolver projetos na área de Tecnologia. Serão criadas empresas orientadas, nesse sentido, e isso, sem dúvida nenhuma, virá como resultado econômico e financeiro para o município”, avaliou Almeida.

Para a professora Cláudia Ribeiro, coordenadora do Centro, o momento é um marco histórico. “É um marco no investimento do município, nesse cenário de inovação tecnológica, de empreendedorismo. A partir da elaboração do PDTIC, nós poderemos contribuir para um desenvolvimento sustentável do município, transformando a cidade, de mera consumidora de tecnologia, em produtora de tecnologia. Isso irá trazer contribuições fantásticas no sentido de melhoria da qualidade de vida, de desenvolvimento humano, desenvolvimento econômico sustentável da nossa cidade e da nossa região”, comemorou Ribeiro.

 

Comentários