2 de dezembro de 2020 às 09:37
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Sindicato promete greve se tiver retono às aulas na Bahia


Publicado em: 29/10/2020 13:05
Por: Redação Bahia Municípios com Agências Foto: Divulgação/ APLB


Contrário à volta das aulas presenciais na Bahia, o presidente do Sindicato dos Professores da Bahia (APLB), Rui Oliveira, prometeu uma greve da categoria, caso haja determinação para o retorno das atividades em sala de aula este ano.

“Se anunciar a volta às aulas presenciais, faremos uma greve. É inadmissível voltar às aulas agora. Iríamos colocar vidas em risco. Não serviremos de cobaia por causa da pressão do poder econômico. Eu espero que o governo faça uma reflexão sobre isso. Estados brasileiros já anunciaram que não teriam aulas neste ano”, disse o sindicalista, acrescentando que, se necessário, vai judicializar a questão.

Como possível solução para o calendário letivo de 2020, o presidente da APLB sugeriu a junção entre os conteúdos programáticos deste ano e de 2021. “O próprio MEC [Ministério da Educação] já disse que poderia juntar os dois anos. Além disso, o que podemos fazer é a intensificação do ensino remoto, fazendo uma qualificação de professores para este modelo”, apontou Rui.

As aulas presenciais estão suspensas desde março, quando a prefeitura e o estado impuseram medidas restritivas para o combate ao novo coronavírus. Hoje, o governador Rui Costa afirmou que avalia dar férias coletivas aos professores no mês de novembro para a partir de dezembro e janeiro retomar às aulas sem interrupções.

 

 

Comentários