12 de agosto de 2020 às 12:24
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

“Pioridade neste momento é salvar vidas e dar amparo social aos mais pobres”


Publicado em: 08/04/2020 8:12
Por: Reedação Bahia Municípios com Metro 1 | Foto: Betto Jr./Secom-PMS


“A prioridade neste momento é salvar vidas e dar amparo social aos mais pobres”, afirmou o vice-prefeito Bruno Reis, em entrevista à Rádio Metrópole, na noite desta terça-feira (7), quando destacou as ações promovidas pela Prefeitura para enfrentar o coronavírus em Salvador. Somando as iniciativas nas áreas socioassistencial e da saúde, a gestão municipal prevê investimentos da ordem de R$ 355 milhões. “Temos muita fé e convicção de que isso vai passar. Somos maiores que a pandemia”, assinalou.

De acordo com Bruno Reis, Salvador se tornou uma referência no combate ao coronavírus, uma vez que se antecipou e adotou uma série de medidas para evitar que a doença se disseminasse em maior velocidade, a exemplo do que vem ocorrendo em algumas cidades europeias e norte-americanas. Dessa forma, ele defendeu o isolamento social e fez uma apelo à população. “Fiquem em casa”, pediu, demonstrando preocupação com as aglomerações registradas especialmente em bairros periféricos.

Na área social, o vice-prefeito Bruno Reis falou sobre o programa Salvador por Todos, que começou a pagar, nesta semana, o auxílio financeiro a comerciantes informais e trabalhadores individuais prejudicados pela pandemia do coronavírus. A iniciativa vai destinar R$ 105 milhões para 20.485 profissionais cadastrados pelo município, que receberão R$ 270 mensais, valor equivalente à compra do gás e de duas cestas básicas, no prazo inicial de três meses.

O programa envolve ainda doações de 175 mil cestas básicas por mês para idosos, crianças, adolescentes e pessoas com deficiência, além da entrega de 3,9 mil refeições para os moradores de rua e a abertura de vagas de acolhimento. O Salvador por Todos contempla a distribuição de luvas, máscaras e produtos de higiene para a população carente, assim como a instalação de sanitários com chuveiros para pessoas em situação de vulnerabilidade social. “Estamos atendendo a quase 200 mil famílias em Salvador”, informou.

Na entrevista, o vice-prefeito ressaltou as iniciativas da Prefeitura na área da saúde, a exemplo das blitze para a realização de testes rápidos de detecção do coronavírus e da implantação do drive-thru para idosos, na vacinação contra a gripe (Influenza). Ele ainda falou sobre a inauguração de novos postos de saúde, a ampliação dos leitos de UTI e a contratação em regime emergencial de novos profissionais, entre médicos, infectologistas, enfermeiros, fisioterapeutas e sanitaristas.

Ao comentar a relação entre as diferentes instâncias de poder no enfrentamento ao coronavírus, Bruno Reis defendeu a necessidade de união para superar a crise sanitária, social e econômica causada pela pandemia. “Desde o primeiro momento, o prefeito e o governador deixaram de lado as diferenças políticas e ideológicas para atuarem juntos”, pontuou. “Temos que mobilizar a cidade como um todo, e os governos têm de dar o exemplo”, concluiu o vice-prefeito e secretário de Obras.

Bruno Reis, concedeu entrevista a Rádio Metrópole.

 

Comentários