11 de agosto de 2020 às 13:42
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Pastor Tom quer goleiro que matou Eliza Samúdio no Fluminense de Feira


Publicado em: 03/01/2020 22:44
Por: Redação | Foto: Divulgação


O deputado estadual pelo PSL e presidente do Fluminense de Feira de Santata, Pastor Tom, quer realizar uma contratação polêmica para o Touro do Sertão. A ideia do parlamentar é chamar o goleiro Bruno, ex-Flamengo, para defender a meta do time da Princesa do Sertão – Bruno foi condenado a 20 anos e nove meses de prisão pelo assassinato e ecultação do cadáver de Eliza Samúdio.

A explicação do dirigente esportivo e parlamentar, que agora quer integrar o Aliança pelo Brasil, partido criado por uma dissidência do presidente Jair Bolsonaro com o PSL, é que Bruno já pagou pelos crimes dele e merece reinserção social. A questão é que o Aliança pelo Brasil prega novos rumos para a política e, além da controversa contratação, o político que também é parlamentar lembra nomes como Eurico Miranda, Marcelo Guimarães e outros representantes da velhíssima política brasileira.

Comentários