21 de novembro de 2019 às 22:55
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Nelson Leal: “maior milagre de Santa Dulce foi viver pelos desvalidos”


Publicado em: 21/10/2019 7:55
Por: Ascom Presidência ALBA | Foto: Divulgação


Presidente da alba participou da celebração brasileira na arena fonte nova.

 “O grande e verdadeiro milagre de Irmã Dulce foi ter dedicado sua vida aos desvalidos e aos que mais precisavam. Transformou um galinheiro em um hospital e acolheu gente que não tinha para aonde ir, todos os tipos de desprezados pela sociedade. Ela abdicou de sua vida para se dedicar aos outros.  E isso para além de sua existência, porque a grande obra social que ela construiu continua”, declarou o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, Nelson Leal, ao participar hoje (20.10) da celebração brasileira em homenagem à Santa Dulce dos Pobres, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

 O presidente da Assembleia da Bahia já havia participado da canonização de Irmã Dulce, no domingo passado, no Vaticano. “A emoção na Bahia, posso garantir, foi muito maior, com a Fonte Nova lotada. Santa Dulce é da Bahia, convivemos com ela, e toda essa energia dos baianos fez com que a verdadeira canonização se desse aqui. A encenação que acabamos de assistir foi linda, com pessoas beneficiadas pelas Obras Sociais Irmã Dulce. Ela não só deu a sua vida pelos que mais necessitavam, como deixou uma obra viva, que será eterna. Todos nós agora temos obrigação de mantê-la”, disse Leal.

 Acompanhado de sua esposa, Danda Leal, e de seus pais, Emerson e Lia, o chefe do Legislativo baiano esteve ao lado do Arcebispo Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, da presidente das Obras Sociais, Maria Rita Lopes Pontes, do governador Rui Costa, do vice-governador João Leão, do prefeito ACM Neto, dos senadores Otto Alencar, Jaques Wagner e Angelo Coronel, e de diversos deputados federais e estaduais, na primeira celebração baiana depois que Irmã Dulce tornou-se Santa.

 O dia da primeira santa brasileira será sempre em 13 de agosto, data da primeira missa em homenagem à Santa Dulce dos Pobres, em Roma, na Basílica de Sant’Andrea Della Valle. No emocionante espetáculo sacro de hoje, “Império de Amor”, na Fonte Nova, com mais de 50 mil pessoas, participaram diversos artistas, como Waldonys, Margareth Menezes, Saulo, Tuca Fernandes e o Padre Antônio Maria. 

Comentários