21 de outubro de 2020 às 05:17
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

MEC Lidera pagamentos à empresa de Frederick Wasseff


Publicado em: 24/06/2020 11:56
Por: Redação Bahia Municípios com Agência AFP Foto: Sergio LIMA / AFP


Desde o início da gestão Bolsonaro, o governo repassou à Globalweb Outsourcing, empresa fundada por Cristina Boner e administrada por uma filha dela, aproximadamente R$ 12 milhões. Além disso, desde o ano passado, o MEC assinou novos contratos com a empresa que somam R$ 16,1 milhões até fevereiro de 2021. A conta chega a R$ 24 milhões, quando são incluídos os contratos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que recentemente recebeu diretores indicados pelo chamado centrão do Congresso.

O subsecretário de assuntos administrativos do ministério, José Eduardo Couto Ribeiro, disse que não poderia comentar as compras do Inep e do FNDE, mas afirmou que os negócios foram feitos a partir de decisões técnicas do setor de informática, serviço prestado pela empresa.

 

 

Comentários