30 de setembro de 2020 às 12:24
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Léo Ceará e Ronaldo brilham em triunfo do Leão na Série B


Publicado em: 30/08/2020 16:17
Por: Rafael Teles A Tarde Foto: Divulgação


No Barradão, Vitória recebeu, e venceu o Paraná pela sexta rodada da Série B.

O Vitória recebeu, e venceu, neste sábado, 29, o Paraná pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Léo Ceará marcou o único gol do jogo no Barradão. O econômico triunfo por 1 a 0 valeu demais para o Rubro-Negro, que não vencia há quatro rodadas na competição nacional. O Leão agora soma dez pontos e volta a colar no G4.

Além de Léo Ceará, que garantiu a bola na rede, a partida também teve atuação destacada de Ronaldo. O camisa um fez importantes defesas, principalmente depois que o Vitória abriu o placar. Na próxima terça-feira o Leão já volta a entrar em campo pela Série B. O time vai enfrentar o Confiança, fora de casa, às 21h30.

Defesas em alta

O Vitória tentou repetir contra o Paraná o início avassalador que conseguiu ter contra o Ceará, no meio de semana. Ontem foram três finalizações do Rubro-Negro antes dos dez minutos iniciais, mas todas de longa distância, e só Léo Ceará conseguiu realmente levar algum perigo ao gol defendido por Alisson.

A equipe visitante conseguiu conter bem os avanços do time da casa na etapa inicial. O cenário do jogo mostrou um Vitória com a bola e presente no campo de ataque, mas sem conseguir encontrar espaços na defesa Tricolor. A alternativa então era arriscar de fora da área, o que o Leão fez com Bocão, Mateusinho e Léo Ceará.

A prevalência do sistema defensivo foi mesmo a tônica da etapa inicial, porque o mesmo acontecia quando o Paraná tentava atacar. A diferença é que o time da Vila Capanema apostava mais em ligações diretas, uma forma de evitar o meio de campo rubro-negro.

Com 30 minutos da primeira etapa o Rubro-Negro enfim conseguiu articular uma jogada para invadir a área do tricolor. Marcelinho recebeu passe na intermediária e de lá mesmo acionou Léo Ceará em velocidade. O camisa nove chegou na bola pressionado pelo zagueiro Fabrício e o chute saiu longe da direção certa.

Os quinze minutos finais do primeiro tempo seguiram sem muita emoção no Barradão. Além da boa marcação das duas equipes, chamou atenção também o número de passes errados. Tanto rubro-negros quanto tricolores desceram para o vestiário do Barradão com menos de 80% de precisão nos passes.

Brilho de Ronaldo

O Vitória voltou para campo com duas mudanças na equipe. Wallace reestreou pelo time ao entrar no lugar de Maurício Ramos, e Eron ficou com a vaga de Vico. Do outro lado, o Paraná não trocou peças, mas mudou o jeito de jogar.

A marcação do tricolor passou a acontecer com mais ímpeto já na saída de bola do Rubro-Negro. O time da Vila Capanema também economizou os chutões e tentou trocar mais passes. A combinação fez com que os primeiros minutos fossem dos visitantes, com pelo menos dois chutes que obrigaram Ronaldo a trabalhar.

Levou 15 minutos para o Leão acordar, mas a resposta veio em seguidos lances de perigo. Primeiro Wallace aproveitou cobrança de escanteio, subiu mais alto que todo mundo e cabeceou rente ao travessão. Logo depois Eron avançou pela esquerda e chutou cruzado, também tirando tinta da trave defendida por Alisson.

A melhora do Vitória foi compensada com um pênalti em favor do Rubro-Negro aos 21 minutos. Rafael Carioca arriscou mais uma de fora da área e a bola tocou no braço de Thales. Léo Ceará foi para a cobrança e colocou os donos da casa na frente do placar.

Depois do gol rubro-negro brilhou a estrela de Ronaldo, que fez defesas decisivas, uma delas no último lance do jogo, e garantiu que o Paraná não chegasse ao empate no Barradão.

Comentários