27 de setembro de 2020 às 14:04
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Irmã Violeta: a força do trabalho solidário em tempos de pandemia


Publicado em: 03/08/2020 18:05
Por: Agenciaat.com Foto: Divulgação


Com a ajuda de empresas e vizinhos, ação que distribui alimentos faz a diferença na vida de moradores de rua e pessoas em vulnerabilidade social da Baixa do Bonfim.

Quem bate à porta de Violeta Freitas, na Baixa do Bonfim, sabe que não vai sair de mãos vazias. “Agora sempre tem comida”, celebra ela, que há anos distribui alimentos entre os moradores de rua e pessoas em vulnerabilidade social e agora conta com um importante reforço através da parceria recente com a RedeMix, que doa semanalmente 300 litros de sopa para a ação de Irmã Violeta, como é conhecida, embora não seja freira, mas talvez porque não lhe falte o principal atributo para tal vocação: a caridade.

O trabalho funciona como uma engrenagem, onde cada um tem um papel. A RedeMix doa os alimentos necessários para fazer a sopa e o espaço físico de suas lojas da Pituba, Itaigara e Horto. Duas funcionárias da empresa doam o seu tempo e trabalho para preparar o alimento, o Grupo Família, da Igreja Católica, leva a sopa até a casa de Irmã Violeta, e ela faz a distribuição do alimento para as mais de 100 pessoas que a procuram diariamente, aos quais ela se refere como “meus filhos”.

“Fazemos esse trabalho há muito tempo. Sempre contamos com as pessoas que trazem comida pronta, pois não cozinhamos aqui na casa. É uma quentinha, uma panela de feijão, uma sobre de alimento da própria casa que um vizinho nos traz… Depois distribuímos para aqueles que nos procuram. As vezes temos bastante comida, outras muito pouca. O mais importante dessa parceria com a RedeMix, é que agora sabemos que sempre vamos ter algo para contar – uma sopa nutritiva, que todos os dias vai chegar”, comemora Irmã Violeta.

Ela conta que o número de pessoas que a procuram para receber alimentação teve um aumento com a pandemia. Foi justamente nesse momento, que a RedeMix entrou como parceria da ação. “Não teria como dizer a importância e o que essa parceria representa para nós neste momento”, completa Irmã Violeta.

Nos bastidores da ação, a cozinheira da RedeMix, Nerilúcia Vasconcelos dos Santos se emociona ao falar de seu trabalho voluntário. “Me sinto muito bem fazendo esta sopa. É uma alegria poder ajudar, saber que estou contribuindo de alguma forma para aqueles que mais precisam, ainda mais em um cenário onde as pessoas estão com tantas dificuldades”, comenta.

Joselice dos Santos Cerqueira, também cozinheira na RedeMix, salienta que o trabalho é realizado com muito amor e tem feito a diferença em sua vida nos últimos meses.

“Temos um cuidado grande em escolher alimentos nutritivos, fazendo uma sopa saudável, que vai alimentar essas pessoas que já fazem parte das nossas vidas. É muito gratificante e me sinto feliz em poder dar essa contribuição”, revela.

Ela conta que não pode visitar a casa de Irmã Violeta em função da pandemia, embora tenha um grande desejo de conhecê-la. Para amenizar essa vontade, a solução da RedeMix foi gravar um vídeo para colocar em contato Violeta com as pessoas que se tornaram suas parcerias na solidariedade.

“Fiquei muito emocionada com o vídeo dela nos agradecendo. Não vejo a hora de poder conhecer ela de perto, mas, até lá, continuamos fazendo a melhor sopa que pudermos, para colaborar com a melhora da vida daqueles que estão mais vulneráveis nesse momento”, completa Joselice.

João Cláudio Nunes, diretor da RedeMix, destaca que colaborar com ações que ajudem na superação das dificuldades trazidas pela pandemia tem sido uma das prioridades do grupo.

“Acreditamos que é dever de todos contribuir com a sociedade para que possamos ultrapassar essa situação, promovendo uma rede de colaboração”, comenta João.

Comentários