23 de setembro de 2019 às 14:54
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Governo da Bahia sinaliza que vai transformar a Embasa em uma PPP


Publicado em: 08/04/2019 13:22
Por: Redação Bahia Municípios Foto: Divulgação


Falta ao Estado da Bahia capacidade para novos investimentos na Embasa.

O governo do estado não tem mais capacidade de investimentos para modernizar os serviços e modificar perfil da Empresa Baiana de Saneamento (EMBASA) e o governador Rui Costa (PT) sinalizou a possibilidade de adotar o regime de Parceria Público Privada (PPP), como já acontece com o Hospital do Subúrbio e a Arena Fonte Nova.

Não se trata de uma falência, como alguns estão a difundir, mas, de injetar aportes financeiros da iniciativa privada para a empresa se modernizar.
Rosemberg Pinto: “O governo não pode perder o controle da Embasa”
   O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Rosemberg Pinto (PT), afirmou ao BJÁ nesta tarde de terça-feira, 2, no plenário da Assembleia Legislativa, que apoia a tese de abrir o capital da Emabasa, “sem que o Estado perca o controle da empresa, como a União tem controle da Petrobras”, frisou.
Entende Rosemberg que a Embasa é conhecida pela população, em sua maioria, como uma estatal “fornecedora de água, porém, tem funções bem mais amplas, inclusive o tratamento de esgotos sanitários”. E a empresa está a exigir investimentos vultosos para desenvolver tecnologias no tratamento dos resíduos sólidos, transformando isso em insumos, fertilizantes e outros.
   “A empresa, hoje, tem capacidade técnica de fazer isso, inclusive excelentes profissionais” comenta Rosemberg apontando para o debate de que são necessários altos investimentos de capital para que isso se torne realidade, além “de ter uma direção que pense modernamente e não apenas numa empresa fornecedora de água”.
Rosemberg diz que não há prazos estabelecidos para que a Embasa se transforme numa PPP, repudia o termo ‘privatização’, porém não vê outro caminho e diz que o governador Rui Costa está certo ao sinalizar essa possibilidade.

Comentários