18 de janeiro de 2021 às 06:48
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Escola Municipal Makota Valdina atenderá quase 800 alunos em 2021


Publicado em: 26/11/2020 10:58
Por: Redação Bahia Municípios Com Agências Foto: Divulgação


Uma escola ampla, bem equipada, climatizada, construída em alto padrão e que em nada lembra a antiga e precária estrutura em pré-moldado concretiza o sonho dos moradores de Engenho Velho da Federação, após iniciativa da Prefeitura. A Escola Municipal que levava o nome do bairro, na 1ª Travessa Neide, passa a se chamar Makota Valdina, em homenagem à educadora e líder religiosa baiana, e foi entregue de forma simbólica nesta quarta-feira (25), com as presenças do prefeito ACM Neto, do secretário municipal da Educação (Smed), Bruno Barral, e da gestora da unidade, Márcia Cristina Santos.
O prefeito lembrou que, no passado, a escola era bastante pequena e atendia apenas 250 alunos. Foi construído, então, um novo imóvel que traz todo o conforto e segurança para os alunos e professores. “Essa escola é um dos modelos que temos hoje da Educação de Salvador, que em nada deixa a desejar a qualquer escola particular. É assim que precisamos cuidar e tratar os alunos, colocando a educação como total prioridade para o futuro da cidade”, declarou ACM Neto.
A partir de um projeto moderno e amplo, a nova unidade de ensino tem 1,7 mil m² de área construída, com investimento de R$5 milhões. São 12 salas de aula climatizadas com capacidade para acolher um total de 760 alunos do grupo III ao V (creche e pré-escola), do Ensino Fundamental I e de Educação de Jovens e Adultos (EJA).
A lista de ambientes engloba quadra poliesportiva, acessibilidade com rampa, estacionamento, além de salas de acolhimento, direção, secretaria, coordenação, depósitos de material didático, de material de limpeza e de merenda. Há sanitários feminino e masculino para os alunos, bem como para pessoas com deficiência (PCD) e para professores e funcionários.
A nova estrutura conta ainda com cozinha equipada, triagem, lavanderia, refeitório, parque infantil, biblioteca, sala de Atendimento Educacional Especializado (AEE), pátio coberto, sala multiuso, pátio externo, guarita com sanitário, subestação, casa de gás e de lixo. Toda a escola foi preparada com os protocolos sanitários de enfrentamento à Covid-19 na área de Educação.
Mudança – A Escola Municipal Makota Valdina substitui a antiga Escola Municipal Engenho Velho da Federação, que foi demolida por apresentar problemas na estrutura de pré-moldado como insalubridade, fissuras nas paredes, além de instalações elétricas e hidráulicas comprometidas. Durante o período de reconstrução, a unidade escolar funcionou em um imóvel alugado, localizado na Avenida Caetano, 3, em Acupe de Brotas.
A escola ganhou o nome da educadora e líder religiosa Valdina de Oliveira Pinto, que morreu em 19 de março deste ano. “Foi um pedido da própria comunidade escolar, Makota Valdina tem a sua militância também como mulher negra e esta é uma justa homenagem a uma grande colaboradora da educação de Salvador e do Brasil”, declarou o secretário Bruno Barral.
  A diretora da instituição contou que a comunidade ansiava pela entrega da nova estrutura. “Este é um equipamento que hoje valoriza a comunidade do Engenho Velho. Estamos felizes e sabemos que vai ser uma grande tarefa colocar isso aqui para funcionar. Estamos ansiosos, preparados e organizados para receber os alunos quando for permitido”, disse Márcia Cristina.

Comentários