30 de outubro de 2020 às 00:56
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Em visita à Baixa dos Sapateiros, Olívia apresenta propostas de revitalização


Publicado em: 17/10/2020 21:06
Por: Redação Bahia Municípios com Ascom/ Olívia Santana Foto/Secom


Como atividade de campanha, a candidata à Prefeitura de Salvador, Olívia, pela coligação Experiência,  Amor e  Raça (PCdoB.PP), esteve na manhã deste sábado (17), em caravana na Baixa dos Sapateiros, Aquidabã e Barroquinha. Na oportunidade, ela realizou panfletagem e conversou com comerciantes, moradores e frequentadores sobre suas propostas para melhorar os centros comerciais, a vida cultural e a mobilidade urbana na região.

Marcada por ser uma área de forte comércio no centro histórico na cidade, a região foi prejudicada com as mudanças no transporte público, como diz o comerciante de prenome Martins. “Antigamente, tinha linhas de ônibus de vários lugares para cá, que foram retiradas pela prefeitura com a chegada do metrô. Isso prejudica nosso trabalho, temos lojas cheias de produtos, mas sem clientes. Estamos sofrendo”, relata.

Olívia criticou a extinção das linhas, afirmando que faltou planejamento. “Os comerciantes têm sofrido o impacto da retirada das linhas de ônibus, que foi feita sem uma política efetiva de desenvolvimento local”.

Em seu programa de governo, a candidata vai contemplar a região com propostas que visam atender as demandas na área de mobilidade, revisando as linhas de ônibus e promovendo uma retomada econômica. “Vamos implantar uma política de revitalização local para atrair novos tipos de negócios e garantir um novo arranjo produtivo para essa região que foi tão desestimulada”, explicou Olívia.

Um das propostas é retomar a vida cultural, uma vez que a área já abrigou cinemas como o Cine Tupy e o Cine Pax e tinha uma vida noturna movimentada. “Vamos resgatar esses espaços, usar os equipamentos que estão fechados para implantar startups culturais e gerar emprego e renda para nossa cidade”, destacou.

Olívia tem um Plano Emergencial de Retomada Econômica, que será implantado para diminuir os prejuízos que a pandemia trouxe à cidade. Entre as ações estão o fortalecimento de políticas de estímulo ao empreendedorismo e microcrédito, através do programa CredSalvador; políticas públicas que fortaleçam a economia social e solidária e a isenção de impostos e taxas, uma crítica feita pelo comerciante José Lopes. “Trabalho há cerca de 30 anos na Baixa dos Sapateiros e a situação que estamos passando é complicada, os impostos estão muito altos, IPTU subiu demais, o comerciante não tem como pagar”, criticou.

Comentários