7 de dezembro de 2019 às 00:27
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Deputado exige atenção com infraestrutura de Salvador: “ameaça a vida das pessoas”


Publicado em: 03/12/2019 16:09
Por: Vitor Fernandes / Ascom do deputado Marcelo Veiga | Foto: Divulgação


Entra ano e sai ano e as notícias são as mesmas quando chove em Salvador: desabamentos, ruas e casas alagadas, estruturas deterioradas, caos no trânsito e uma série de prejuízos materiais e emocionais. Foi dessa forma que o deputado estadual Marcelo Veiga (PSB) se referiu a mais um dia de fortes chuvas na capital baiana nesta quarta-feira (27), após uma terça-feira (26) de caos.

Para o parlamentar, é preciso que os governos estadual, federal e municipal tenham mais atenção para a infraestrutura da cidade e, principalmente, da forma como ela está sendo ocupada. Ele também chama a atenção para o descarte irregular de lixo e entulhos por parte da população e de empresas e pede fiscalização para os casos.

“É preciso uma interferência real, direta e objetiva. Chega de tanta falação, Salvador desde sempre sofre com alagamentos e entra governo e sai governo e o processo continua o mesmo, maquiagem em cima de maquiagem. Isso ameaça as vidas das pessoas. Quem mais sofrem são os bairros periféricos. As pessoas que vivem em locais de risco ficam sem dormir neste período de chuvas. É um absurdo como a situação não é resolvida. Sabemos das dificuldades, mas com um plano de governo popular, com emendas parlamentares e projetos de habitação conseguimos resolver parte do problema”, explica o parlamentar.

Para Marcelo Veiga, a situação é caótica. Ele aponta que não existe um culpado, mas que com infraestrutura e ordenamento urbano em Salvador, desastres podem ser evitados. “Vi que o governador [Rui Costa] entrou em contato com o prefeito [ACM Neto] para falar sobre o assunto e para colocar a máquina estatal a disposição. Mas infelizmente isso não é o bastante. Tem que ter uma intervenção em todas as áreas que envolve mobilidade urbana, desde a limpeza de córregos e bueiros a manutenções de vias e podas de árvores, tudo isso implica em segurança em dias de chuvas, tem que ser ação continua e não apenas quando chove”, completa.

Comentários