22 de fevereiro de 2020 às 21:42
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Demissão do secretário da Cultura era o mínimo que a sociedade esperava, afirma Leal


Publicado em: 17/01/2020 15:01
Por: Ascom Presidência ALBA Foto: AG. ALBA


“As pessoas têm que aprender que o embate político tem limites”
O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal disse hoje (17.01) que a exoneração do secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, “era o mínimo que a sociedade brasileira esperava”.
“Além de perder o emprego, ele tem que ser responsabilizado criminalmente: fazer apologia ao nazismo, pela lei brasileira, é crime. É bom que algumas pessoas aprendam que o embate político tem limites, e entre eles preservar a democracia, a liberdade e a vida”, disse Leal.
Para o chefe do Legislativo tem coisas que são inadmissíveis e uma delas é atentar contra o Estado de Direito. “O jogo político tem que ser jogado com regras. Não gostou, reprova nas urnas. No grito, com ódio e com violência, não!”, reitera o presidente da ALBA.

Comentários