26 de agosto de 2019 às 01:58
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Comandante da PM recebe dupla homenagem da Câmara


Publicado em: 15/08/2019 20:33
Por: Redação TB | Foto: Romildo de Jesus


Coronel Anselmo Brandão é agora cidadão de Salvador.

Baiano de Juazeiro, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, recebeu da Câmara de Salvador, na noite desta quarta-feira (14), a cidadania soteropolitana. A homenagem foi uma iniciativa do presidente da Casa, vereador Geraldo Júnior (SD), que fez questão de conceder ao oficial outra importante honraria, a Medalha Thomé de Souza, em reconhecimento pelo empenho para redução dos índices de criminalidade no Estado.

Na saudação ao amigo “terno e solidário”, Geraldo Júnior justificou a dupla homenagem aos feitos do coronel Anselmo Brandão , citando a coordenação da implantação do programa federal Território de Paz na 23ª CIPM, de Tancredo Neves; projetos de prevenção e combate à violência, a exemplo do Pacto pela Vida; intervenções em escolas para prevenção e combate ao uso de drogas; peças educativas e motivacionais para a corporação; e a recuperação da autoestima da tropa.

“O comandante Anselmo Brandão representa uma inovação na segurança pública nacional. O carinho com que trata o cidadão de bem e a firmeza com que lida com aqueles que preferem viver à margem da lei, vem tendo aprovação maciça do povo baiano que clama por um combate mais efetivo contra a criminalidade, mas também que quer contar com uma parceria cidadã com a Polícia Militar da Bahia”, frisou Geraldo Júnior.

Corrente do bem

O comandante Anselmo Brandão agradeceu as honrarias e confessou que ser cidadão de Salvador era um antigo sonho: “Há 41 anos adotei esta cidade como minha e hoje estou sendo agraciado com as duas maiores honrarias da capital baiana, homenagem que aceito com honra e satisfação porque já tinha o sentimento de pertencimento”.

Após fazer um resumo da trajetória militar, que incluiu passagens por diversos órgãos e unidades importantes da corporação, coronel Anselmo compartilhou a homenagem com todos que integram a instituição e que o ajudam a colocar em prática a política de policiamento comunitário. O comandante da PM baiana disse com orgulho que construiu uma relação de cooperação com os três poderes e “uma verdadeira corrente do bem com a comunidade, abrindo os portões dos quartéis e conquistando resultados positivos”.

Durante o discurso de Geraldo Júnior a mesa foi presidida pelo vereador José Trindade (sem partido), que classificou a solenidade como um momento histórico de dupla homenagem, destacando que as honrarias foram aprovadas por unanimidade pela Casa. Participaram da sessão, ainda, as vereadoras Marta Rodrigues (PT), Ana Rita Tavares (PMB), Marcelle Moraes (sem partido) e Aladilce Souza (PCdoB); e os vereadores Carlos Muniz (Podemos), Téo Senna (PHS), Kiki Bispo (PTB), Maurício Trindade (DEM) e Paulo Magalhães (PV).

Compuseram a mesa o vice-almirante Silva Lima, comandante do 2º Distrito Naval; o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, representante do governador Rui Costa; o desembargador Baltazar Miranda Saraiva, que representou o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Gesivaldo Nascimento Brito; o procurador de Justiça Geder Rocha Gomes, representante da procuradora-chefe do Ministério Público do Estado, Ediene Lousado; o juiz José Santana Júnior, representando o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Jatahy Júnior; o vice-almirante Arnon Lima Barbosa; o coronel Ivan Lucas Karpischin, comandante da Base Aérea de Salvador; o coronel Possidio, chefe do Estado maior da 6ª Região Militar, representando o comandante, general Silva Alvin; o coronel Teles, comandante do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia; e o coronel PM da reserva Josué Alves Brandão, irmão mais velho do homenageado.

Apresentou-se na sessão o Coral da PM, regido pelo maestro cabo Getúlio. O Título de Cidadão de Salvador e a Medalha Thomé de Souza foram entregues pelo vereador Geraldo Júnior ao lado da esposa do homenageado, Rosângela, e das filhas Luciana, Roseane, Selma e Clarissa.

 

 

 

Comentários