2 de dezembro de 2020 às 13:24
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Com denúncias falsas, Bolsonaro acusa Rui, Otto alencar e Coronel de corrupção


Publicado em: 24/05/2020 9:37
Por: Redação Bahia Municípios com Agências Foto: Divulgação


Segundo dados do relatório extraído pela polícia federal do celular do ex-ministro Sérgio Moro, o presidente Jair Bolsonaro acusou o governador da Bahia Rui Costa (PT), o Senador Otto Alencar (PSD) e o senador Angelo Coronel (PSD) de participarem de um esquema de corrupção envolvendo a entrega do hospital espanhol na Bahia. Hoje o equipamento foi reaberto exclusivamente para tratar de pacientes de covid-19.(Veja aqui)

Segundo informações da Globonews, o presidente afirmou que o Hospital Espanhol foi entregue a empresa INTS (Instituto Nacional de Tecnologia e Saúde) sem uma licitação. Supostamente a empresa pertenceria ao filho do senador Otto Alencar. Ainda segundo a emissora o senador Angelo Coronel ficaria responsável pelas quentinhas do hospital pagando seis vezes mais do que o normal.

A denúncia ainda mostra que o secretário de saúde Fábio Dantas teria afirmado em uma reunião na secretária do estado da Bahia (SESAB) que “dinheiro não será problema, pois temos R$ 230 milhões para gastar com a convid-19”. As denúncias colhidas no celular do ex-ministro são falsas e sem nenhuma prova. O hospital foi entregue a INTS depois de um processo registrado de licitação.

Seu Presidente é Emanuel Marcelino Barros Souza segundo fontes da Receita Federal. Ele não tem nenhuma ligação com o senador Otto Alencar nem com seu filho.

Veja a msg :

 

Comentários