23 de setembro de 2019 às 14:50
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Cauã, jogador revelado em São Francisco do Conde é negociado para o Palmeiras


Publicado em: 02/09/2019 23:16
Por: Dilton Santiago | Bahia Municípios | Fotos: Arquivo Desportivo São Francisco do Conde Esporte Clube


O atleta iniciou a carreira no Desportivo São Francisco do Conde Esporte Clube, ganhando visibilidade no Bahia de Feira – antes de ser  negociado para o Palmeiras.

Cauã Souza Rocha, não é o primeiro craque revelado em São Francisco do Conde,  município a 70 Km de Salvador. Há tempos, o município revela e exporta talentos para o futebol brasileiro e até para fora do país. De lá despontou atleta como  Edvaldo dos Santos, conhecido como Baiaco , laureado meio-campista, considerado até hoje o “maior frente de zaga” do tricolor.  Em 1969,  Baiaco integrou o elenco que não permitiu que o “rei” marcasse seu milésimo gol, numa partida contra o Bahia em plena Fonte Nova.

Na década de 80, a pacata cidade viu mais um de seus filhos sagrar-se campeão. O meia-atacante Osmar dos Santos Machado.  Osmar,– foi Campeão Brasileiro de 1988 pelo Bahia.

Desde então, muita coisa vem evoluindo no mundo do futebol e São Francisco do Conde com o projeto social Desportivo São Francisco do Conde Esporte Clube continua oferecendo promessas ao futebol, como  o atacante Cauã –  garoto descoberto pelo técnico de futebol Francisco de Assis Filho,  “Chico”, professor de Educação Física e apaixonado por  futebol. “Descobri o garoto em Salvador treinando em uma escolinha de futebol chamada “Força Jovem”, nessa época ele tinha 14 anos e sua elegância no trato com a bola me deixou muito impressionado. Conversei com os pais dele para que autorizasse a fazer parte da minha escolinha de futebol, que apesar de ser um projeto voluntário,  tem a prefeitura de São Francisco do Conde como parceira, oferecendo melhor estrutura para 110 garotos de base infanto-juvenil.

Cauã, o garoto-revelação, passou a disputar e se destacar em competições amadoras . Apostando no seu potencial levamos o garoto para participar de algumas ”peneiras” nos clubes da capital.  Bahia e Vitória não demonstraram nenhum interesse, chegando a dizer que lhe faltava  qualidade técnica. Conversei muito com ele para que não desistisse e que acreditasse no seu futebol. Foi quando surgiu entendimentos para uma avaliação técnica no Bahia de Feira. Em sua estréia no Campeonato Baiano Infantil, representando São Francisco do Conde, Cauã disputou sete partidas e marcou seis gols sendo um dos artilheiros da competição.

Este ano, o atleta participou da 11a Salvador Camp, (torneio de futebol envolvendo categorias de base de vários clubes do Brasil), Patrocinado pelo Atlético (PR),  Jacuipense (BA)  e Vitória (BA), onde grandes clubes são convidados para observarem novos talentos do futebol. Vale ressaltar que na história desse torneio, nenhum clube baiano havia chegado a uma final. E o Bahia de Feira que disputou como convidado, fez bonito e chegou, tendo Cauã sido eleito o melhor jogador da competição.  Após o final da disputa,  alguns integrantes da comissão técnica vieram falar comigo para que providenciasse a sua documentação, pois, três grandes clubes de fora do estado demonstraram interesse no atleta”.
Na última segunda-feira (26), Cauã viajou para São Paulo sendo incorporado ao atual elenco Sub-17 do Palmeiras.

Dedicação e talento

Para o técnico Chico, o foco e talento para o futebol tornam as chances ainda maiores de Cauã ter sucesso na modalidade. “É um atleta versátil, com bom passe, excelente finalização e visão de jogo. Acredito que em breve estaremos vendo ele jogando na divisão principal do Palmeiras. E se Deus ajudar, na Seleção Brasileira, talento ele tem”.

Atletas em treinamento no Projeto social Desportivo São Francisco do Conde Esporte Clube.


Cauã Souza Rocha, acompanhado do técnico Francisco Assis (Chico).

Cauã, agora jogador do Palmeiras na categoria Sub-17.

Projeto social Desportivo São Francisco do Conde Esporte Clube.

 

 

 

Comentários