26 de setembro de 2020 às 08:37
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Camaçari: de volta aos trabalhos, presidente da câmara defende vereadores


Publicado em: 20/02/2018 17:00
Por: Da Redação


A Câmara de Vereadores de Camaçari voltou aos trabalhos nesta terça-feira, 20, em meio às denúncias de corrupção que envolvem 20 dos 21 edis do município. Os legisladores são acusados pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de associação criminosa e peculato (apropriação de recursos públicos). O prefeito Antonio Elinaldo (DEM) fez a leitura da mensagem ao Legislativo.

Em discurso, o presidente da Casa, Oziel Araújo (PSDB) alvo de um pedido de prisão preventiva, defendeu os colegas e acusou pessoas de tirarem proveito da situação. “Em nenhum momento foi feito nada de má fé por parte dos vereadores e do presidente dessa Casa. É importante registrar também que algumas pessoas têm tentado tirar proveito político dessa situação e de alguma forma tem tentado mobilizar a sociedade de Camaçari contra a Câmara de Vereadores”.

Segundo o tucano, todos os atos do presidente foram executados seguindo a Lei Orgânica do Município. “Essa Câmara, no uso da responsabilidade atribuída ao presidente da Casa, lançou mão dos recursos do repasse do duodécimo para atualizar cada gabinete de vereador. Fizemos isso com base no artigo 11 inciso 32 da lei orgânica do município. Também baseado na lei orgânica, utilizamos a atribuição que é dada a mim a exonerar, demitir e contratar servidores, conforme artigo 55 inciso 4 da lei”, explicou.

Comentários