3 de dezembro de 2020 às 01:12
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Caixa cria linha de crédito para antecipação do saque-aniversário do FGTS


Publicado em: 25/07/2020 11:00
Por: Filipe Andretta Do UOL, em São Paulo Newsletter InfoMoney


Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, anunciou nesta quinta-feira (23) a criação de um empréstimo que permite antecipar o saque-aniversário do FGTS para os trabalhadores que optaram por essa modalidade.

A nova linha de crédito estará disponível até 27 de julho e o trabalhador poderá antecipar até 3 parcelas do saque aniversário com valor mínimo de R$ 2 mil. A contratação dessa linha será totalmente digital, por meio do aplicativo do FGTS, e terá juros fixos de 0,99% ao mês.

Com essa taxa mensal, a linha terá juros de cerca de 12,54% ao ano, abaixo da taxa cobrada no empréstimo consignado, que é aquele que tem desconto em folha de pagamento. Segundo dados do Banco Central, em maio, a taxa média do consignado ficou em 22,7% ao ano.

Ainda que a taxa seja baixa, antes de pedir o empréstimo é importante considerar que ao fazer a antecipação de toda forma o tomador vai pagar juros, o que não acontece se ele fizer o saque-aniversário no período normal.

O saque do FGTS pelo mês de aniversário foi anunciado em julho de 2019 pelo governo Bolsonaro e permite que o trabalhador acesse uma parcela do seu saldo no fundo todos os anos. Outra questão importante a se avaliar é que ao optar pelo saque-aniversário o trabalhador perde o direito de sacar a totalidade dos recursos do FGTS em caso de demissão sem justa causa.

Vale lembrar que a migração da modalidade tradicional para o saque-aniversário é opcional. Para sacar ainda esse ano, o trabalhador deve informar a mudança à Caixa Econômica Federal por meio do site ou aplicativo até o último dia do seu respectivo mês de aniversário. É possível aderir por meio do aplicativo “FGTS”, no site fgts.caixa.gov.br ou no Internet Banking da Caixa.

Segundo a Caixa, 6,13 milhões de pessoas aderiram à opção, das quais 3,9 milhões são clientes do banco. O saldo total dos trabalhadores que aderiram à modalidade é de R$ 14,5 bilhões.

“Nós temos perto de 100 mil trabalhadores que já aderiram a essa modalidade antes de informarmos publicamente [opção estava em teste]. Nossa expectativa é que mais de 1 milhão de clientes façam a adesão e que essa linha tenha em torno de R$ 5 bilhões”, explicou Guimarães.

Guimarães explicou que o pagamento da linha de crédito Antecipação do Saque-Aniversário acontece de uma só vez. A própria Caixa debita o valor diretamente da conta FGTS do trabalhador, no dia do pagamento do saque-aniversário, sem impactar em sua capacidade de pagamento ou na possibilidade de contratar novas linhas de crédito da Caixa.

Aqueles que ainda não forem clientes do banco poderão solicitar a antecipação do saque-aniversário em qualquer agência da Caixa.

Como vai funcionar

Essa opção de empréstimo não é exclusiva da Caixa. Todos os bancos podem oferece-la, mas o banco federal foi o primeiro a anunciar a opção.

Por isso, trabalhadores que não forem correntistas da Caixa atualmente podem escolher esperar o respectivo banco apresentar essa modalidade ou virar correntista para aderi-la. Para confirmar se outros bancos já oferecem a opção, a recomendação é o trabalhador entrar em contato com a sua respectiva instituição.

Essa opção só está disponível, naturalmente, para quem aderir ao saque aniversário.

Como se habilitar para essa linha

Segundo Guimarães, após optar pelo saque-aniversário, o trabalhador deve acessar o aplicativo “FGTS”, selecionar a opção verde “Autorizar bancos a consultarem seu FGTS” e selecionar a instituição financeira pela qual deseja adquirir o empréstimo.

O trabalhador que já é correntista Caixa deve clicar na opção que mostra o banco federal, enquanto a pessoa que tiver conta em outro banco pode selecioná-lo. Feito isso, é preciso esperar a autorização do acesso à consulta do saldo do fundo pela instituição financeira escolhida.

Todos os trabalhadores, correntistas ou não da Caixa, precisam fazer essa etapa de habilitação para permitir a visualização dos valores do fundo.

Ao fazer isso, a Caixa saberá quanto o trabalhador tem de saldo. Isso acontece porque nessa operação a Caixa tem dois papéis: é agente operador do FGTS e também agente financeiro do empréstimo.

Assim, o trabalhador fica livre para definir em qual instituição deseja fazer o empréstimo.

Veja o passo a passo no app do FGTS, o qual todos os trabalhadores têm acesso: 

Como contratar a linha de crédito

Feita a habilitação, o trabalhador que é correntista da Caixa, ou que optar por se tornar ao fazer o empréstimo, deve seguir os seguintes passos a partir de 27 de julho: entrar no Internet Banking Caixa pelo site ou smartphone e selecionar a opção “Crédito”.

Em seguida clicar na opção “Antecipação Saque Aniversário-FGTS”. Depois deve selecionar os períodos e valores a serem antecipados.

É possível antecipar até três anos, sendo o limite o total de saldo disponível na conta do trabalhador. O valor mínimo para o empréstimo é R$ 2 mil.

Estando de acordo com a simulação, o trabalhador vai assinar eletronicamente a autorização da contratação. Feito isso, aparecerá um comprovante da operação.

Esse procedimento vale para a contratação feita pela Caixa. O protocolo de contratação deve mudar de acordo com cada banco.

Veja as etapas para correntistas da Caixa:

Mais atualizações em instantes.


Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:

Fonte: Infomoney

Comentários