21 de outubro de 2020 às 01:00
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Bruno Reis lidera corrida em Salvador mas diferença para Isidório diminui


Publicado em: 03/09/2020 15:07
Por: Redação Bahia Municípios com Agências Foto: Divulgação


Novo levantamento realizado presencialmente pelo Instituto Paraná Pesquisas em parceria com o Bahia Notícias aponta que o vice-prefeito Bruno Reis (DEM) lidera a corrida pela prefeitura de Salvador no próximo mês de novembro. Em um cenário pulverizado, com seis candidaturas de aliados do governador Rui Costa (PT), a diferença entre Reis e o segundo colocado, Sargento Isidório (Avante) diminui, porém o vice mantém uma boa margem de frente. Já no cenário mais restrito, há o crescimento dos dois principais candidatos, mantendo também o crescimento da diferença entre eles.

O primeiro cenário testado pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra Bruno Reis com 34,9% das intenções de voto, contra 15,5% de Sargento Isidório. Esse disco da pesquisa trouxe o maior número de candidatos dessa rodada. Lídice da Mata (PSB) empata tecnicamente com Isidório, ao ser citada por 12,9% dos eleitores. Na sequência, aparece um bloco de candidaturas na casa dos quatro pontos percentuais: Olívia Santana (PCdoB) com 4,5%, Major Denice (PT) com 4,1% e Bacelar (Podemos) com 4%. Completam o cenário Cezar Leite (PRTB) e Hilton Coelho (PSOL) com 2,7% cada um e Celsinho Cotrim (Pros) e Eleusa Coronel (PSD) com 0,9% e 0,5%, respectivamente.

O levantamento BN/ Paraná Pesquisas realizou 820 entrevistas presenciais e testou também um cenário mais limitado de candidaturas de aliados do governador Rui Costa, o caminho indicado por figuras do entorno do chefe do Executivo baiano para a capital. Esse cenário não testa nomes como Lídice da Mata, Bacelar e Eleusa Coronel, que estariam sendo dissuadidos a deixar a disputa e acompanhar outras candidaturas da base governista.

Também nesse cenário, Bruno Reis é quem aparece com o maior percentual de intenções de voto, com 38%. Isidório também registra um aumento, atingindo 19,5%. As demais candidaturas também ampliam a base de potenciais votos, mostrando que essas saídas provocariam uma redistribuição equilibrada – dentro da margem de erro – das intenções de votos delas. Olívia Santana chegaria a 8,7%, Major Denice a 5,4%, Hilton Coelho a 4,5% e Cezar Leite a 3,9%. A pesquisa ouviu 820 eleitores entre os dias 29 de agosto e 2 de setembro, através de entrevistas pessoais. O levantamento tem intervalo de confiança de 95% e margem de erro de 3,5%, estando registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-04421/2020.

Comentários