21 de setembro de 2020 às 07:09
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Bolsonaro põe na Polícia Federal um “delegado de família”. Da sua família!


Publicado em: 25/04/2020 7:55
Por: Reinaldo Azevedo Colunista do UOL - Imagem: Foto: Agência Senado


Delegado Alexandre Ramagem Rodrigues, o preferido de Bolsonaro e filhos para comandar a PF. Já era uma espécie de interventor da família na Abin.

O presidente Jair Bolsonaro pôs no comando da Polícia Federal o delegado Alexandre Ramagem Rodrigues, que comandou a sua segurança pessoal depois da facada. Ramagem estava na chefia da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) — subordinada ao Gabinete da Segurança Institucional (GSI), cujo titular é o general Augusto Heleno — desde maio do ano passado.

O delegado nunca foi homem de confiança do general. Sempre se reportou diretamente ao presidente e, atenção!, é também o escolhido dos filhos do presidente.

Ramagem é delegado de carreira, mas nunca foi considerado um quadro da elite, pronto a chegar ao topo. Não precisa. Se o presidente e os filhos querem, então assim será.

Abin passou a privilegiar apurações de curtíssimo prazo sobre boatarias que se espalham nas redes sociais e que têm como alvos os… Bolsonaros! Profissionais de Estado se tornaram uma espécie de fornecedores de relatórios para instruir o chamado Gabinete do Ódio. Hoje, na Abin, “o Estado são os Bolsonaros”. É o que o presidente quer também na PF. Praticamente confessou isso.

Comentários