15 de novembro de 2018 às 02:16
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Vereador diz que imprudência de “pipeiros” causa tragédia em Salvador


Publicado em: 27/08/2018 17:46
Por: Redação | Foto: Reprodução


Neste fim de semana, um motociclista morreu depois de ter o pescoço cortado por uma linha com cerol, na avenida Octávio Mangabeira, na Orla.

Autor da lei que proibiu o uso de cerol em linhas de pipas em Salvador, o vereador Tiago Correia disse nesta segunda-feira (27) que a imprudência e a falta de conscientização de alguns pipeiros provocaram mais uma tragédia na capital baiana. Neste fim de semana, um motociclista morreu depois de ter o pescoço cortado por uma linha com cerol, na avenida Octávio Mangabeira, na orla. “É lamentável que a falta de responsabilidade de algumas pessoas coloque em risco a vida de muita gente. Esta não foi a primeira vez que alguém morre porque os pipeiros simplesmente não cumprem a legislação”, afirmou o vereador.

Tiago Correia disse que vai solicitar a intensificação de campanhas de conscientização para evitar novas tragédias. A proibição do uso de cerol em linhas de pipas foi publicada no Diário Oficial do Município em junho do ano passado. Em caso de descumprimento da lei, a pessoa será advertida. Se for reincidente, terá de pagar uma multa de R$ 70, cuja verba será destinada ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

De acordo com a legislação, o pagamento da multa não dispensa o infrator das responsabilidades civil e penal.

Comentários