15 de dezembro de 2018 às 03:50
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

TCM denuncia ex-prefeito de Inhambupe ao Ministério Público


Publicado em: 11/05/2018 7:20
Por:


Há suspeita de prática de apropriação indébita previdenciária e improbidade administrativa

O Tribunal de Contas dos Municípios denunciou, ontem (10), Benoni Eduard Leys (PT), ex-prefeito de Inhampube, ao Ministério Público Federal pela falha na contabilização do INSS patronal incidente sobre a folha de pagamento. O episódio teria ocorrido em 2016, durante o exercício do mandato dele.

Os conselheiros do TCM pedem a apuração da prática de ato ilícito, e imputou multa no valor de R$ 3 mil ao ex-gestor.

A Corte de Contas suspeita que há prática de apropriação indébita previdenciária e suposto ato de improbidade administrativa. A denúncia foi feita pelo prefeito de Inhampube, Fortunato Silva Costa.

De acordo com os conselheiros, o total da remuneração com a folha de pagamento de servidores públicos foi de cerca de R$ 35 milhões em 2016.

Do montante, deveria incidir INSS patronal de aproximadamente R$7,7 milhões, correspondente a 22% da remuneração dos servidores. No entanto, somente foram registradas despesas com essa contribuição de R$1,2 milhões e escriturado R$ 6,4 melhor.

Comentários