13 de dezembro de 2018 às 04:23
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Servidores de Santo Amaro reclamam que prefeito está “matando a educação”


Publicado em: 13/11/2018 21:39
Por: Redação | Foto: Reprodução Google Maps


Por conta de sucessivos atrasos no pagamento dos salários, o Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Santo Amaro (Sindiser) realizou um protesto simbólico em sua sede, na Praça do Rosário, na segunda-feira (12). Em clima de velório, com um caixão no centro da sala, flores e ornamentos de um enterro, os funcionários públicos estavam com um cartaz escrito “Educaixão”.

A presidente do Sindiser, Cristina Pires, explicou que o protesto teve como objetivo alertar que o prefeito Flaviano Rohrs está “matando a educação”. “Os atrasos de salário se sucedem e ele diz que não tem dinheiro. O salário de setembro foi pago em 31 de outubro, e o de outubro, no dia 10 de novembro. E o pior: ele nunca conversou com a gente, sempre sem tempo”, contou Cristina ao jornalista Levi Vasconcelos.

Uma reunião entre a entidade e o gestor municipal, que tem sido chamado por alguns santamarenses de “pior prefeito da história”, iria acontecer, mas Rohrs cancelou de última hora.

Comentários