14 de novembro de 2018 às 13:54
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Rui Costa apresenta propostas em entrevista


Publicado em: 11/09/2018 17:10
Por: Redação | Foto: Reprodução


Na corrida ao Palácio de Ondina, o candidato à reeleição ao governo da Bahia pelo PT, Rui Costa, concedeu entrevista à rede Bahia ao meio dia de hoje (11). Na ocasião o candidato falou sobre suas perspectivas para o governo futuro, caso alcance a vitória em outubro.

Rui aproveitou a oportunidade para elencar tanto as realizações do governo atual quanto as propostas constantes no Programa de Governo Participativo (PGP 2018), para os próximos quatro anos. Na saúde, citou entrega de sete novos hospitais, construção de 19 policlínicas e realizadas 13 mil cirurgias em mutirão. A temática segurança propiciou ao candidato petista lembrar a redução expressiva no número de homicídios, sendo o governo que mais contratou policiais e renovou 100% da frota.

O programa Corra pro Abraço foi destacado pelo candidato ao falar sobre ações para pessoas que usam drogas, pessoas em situação de rua e jovens que residem e transitam em territórios com altos índices de violência. Sob o pilar da arte e educação, o Corra visa promover cidadania e garantir direitos dos que fazem uso abusivo de drogas em contextos de vulnerabilidade. Ainda, Rui abordou realizações e metas na educação, avançando no ensino integral, e na geração de emprego e renda. “Emprego só aparece quando a economia cresce, não existe nação que consiga crescer emprego quando o país está em recessão”, instigou o candidato petista à reeleição.

E Rui Costa concluiu a entrevista ressaltando a importância da eleição dos dois senadores da coligação ‘Mais Trabalho por Toda a Bahia’, Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel (PSD), dos deputados estaduais e federais do ‘time do correria’ e de Fernando Haddad, que terá a candidatura a presidente oficializada hoje à tarde, em substituição ao nome de Lula.

Comentários