12 de dezembro de 2018 às 10:07
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Professores utilizarão sala virtual do Google para atividades do Redijaê


Publicado em: 22/05/2018 7:33
Por: Ascom / Secretaria da Educação do Estado


Professores da rede estadual de todo o estado participaram, nesta segunda-feira (21), da videoconferência ‘Redijaê 2018 – Formação dos Professores’, realizada no Instituto Anísio Teixeira (IAT) e retransmitida para as telessalas dos Núcleos Territoriais de Educação. A ação faz parte do projeto Enem 100%, com foco na produção textual voltada para a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A iniciativa tem como suporte o projeto e-Nova Educação, desenvolvido pela Secretaria da Educação do Estado em parceria com o Google, que está levando tecnologias digitais para a sala de aula, integrando acesso à internet de alta velocidade com os dispositivos móveis, dentro da proposta de propiciar a contextualização da Educação no século XXI.
A formação dos professores para o Redijaê será feita no ambiente virtual denominado de plataforma virtual colaborativa, da Rede Anísio Teixeira. Depois, os educadores irão construir a sala virtual no Google Classroom, onde serão desenvolvidas as atividades com os estudantes envolvidos no Redijaê, o que incluirá desde a discussão de potenciais temas para a redação até a correção de textos.
O superintendente das Políticas para a Educação Básica do Estado, Ney Campello, ressaltou a importância do projeto, que chega à 2ª edição. “Acredito que esse projeto, que iniciou ano passado, pode se constituir em uma contribuição importante para os estudantes que estão se preparando para o Enem. O conceito do projeto Enem 100% é alcançar todos os estudantes, desde a inscrição até o momento da realização do exame, passando por sua preparação, pelo entendimento que nós temos de que o Enem é o principal acesso dos alunos da rede pública ao Ensino Superior e ao mercado de trabalho”, relatou. “Agora temos uma ampliação à nossa acessibilidade ao Redijaê, por meio da parceria com o Google, que pode potencializar ainda mais jovens a participarem”.
O professor de Redação Jair Mercês, do Colégio Estadual Abílio César Borges, localizado no Largo de Roma, destacou como a formação pode ajudar os docentes. “Nós já conhecemos o conteúdo abordado, mas essa formação vai nos proporcionar uma atualização, nos ajudando a dar um maior direcionamento ao alunado. Atualmente, tenho duas turmas, com 40 alunos cada, e essa atividade vai agregar ao conhecimento de todos, principalmente dos estudantes, preparando-os de forma mais qualificada para o Enem”.
Para o segundo ano do Redijaê, os professores serão os responsáveis pela correção das avaliações realizadas pelos estudantes. Serão trabalhados quatro temas e cada professor, que realizou adesão ao projeto, estará vinculado diretamente às suas turmas. As atividades serão desenvolvidas nas salas virtuais do Google Classroom. Ao todo, participam desta etapa 309 professores, de 135 escolas da rede estadual de ensino.

Comentários