13 de dezembro de 2018 às 04:26
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Produção vinícola em Casa Nova será ampliada e nova fábrica chegará em Barra


Publicado em: 06/12/2018 23:57
Por: AGENCIA DE NOTÍCIAS/ Foto: Divulgação


O protocolo de intenções para a ampliação da unidade da Vinícola Terra Nova, em Casa Nova, e a implantação de uma nova fábrica de suco em Barra foi assinado na quarta-feira (5), pelo governador Rui Costa e representantes do Grupo Miolo. Nos próximos dois anos, o grupo irá investir, em Casa Nova, R$ 30 milhões para ampliar a unidade de produção de vinhos, destilados e espumantes, além de implantar uma nova linha de fabricação de sucos. A meta é dobrar a produção anual, passando dos atuais quatro milhões de litros para oito milhões, com previsão de gerar 100 novos empregos, que vão se somar aos atuais 180 postos de trabalho da vinícola.

Já o investimento previsto pelo Grupo Miolo no município de Barra é da ordem de R$ 10 milhões, englobando a reforma de uma estrutura fabril desativada – a Barra Frutos –, equipamentos e implantação de vinhedo em uma área de 50 hectares. Estão previstos, nesse processo, a geração de 200 empregos. “Assinamos um protocolo de intenções para a ampliação do que eles já produzem. São dois milhões de garrafas já produzidas e vamos dobrar essa produção. Teremos ainda uma nova unidade do grupo em uma área que era de propriedade da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (autarquia da Secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), que vai fabricar mais um milhão de garrafas de suco”, destacou o vice-governador João Leão.

A secretária da SDE, Luiza Maia, presente à assinatura do protocolo, também falou sobre a importância da Miolo na região “A Miolo desempenha papel estratégico, tanto na geração de emprego, quanto no desenvolvimento territorial do nosso Estado. A vinícola recebe 50 mil visitantes por ano, por meio do roteiro do Vapor do Vinho, aquecendo, assim, o Enoturismo local”.

A produção total do Grupo Miolo soma, em média, dez milhões de litros por ano, em uma área cultivada de vinhedos próprios com, aproximadamente, mil hectares. Em Casa Nova, são 200 hectares irrigados com as águas do Rio São Francisco, por meio do sistema de gotejamento, com duas colheitas anuais. Já a reativação da unidade fabril de sucos em Barra possibilitará a integração de produtores da região, que serão incentivados a produzirem para a fábrica. O superintendente Adriano Miolo ressalta que a região do Vale do São Francisco é próspera. “Temos duas colheitas de uvas por ano e a possibilidade de se fazer sucos o ano inteiro. Para se produzir sucos naturais e integrais, sem conservantes, seguramente é a melhor região do Brasil”, destacou.

Comentários