13 de dezembro de 2018 às 04:48
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Prates se despede da Câmara de Salvador e nega assumir secretaria


Publicado em: 31/10/2018 23:11
Por: AGÊNCIAS DE NOTICIAS / Foto: Divulgação


Recém-eleito deputado estadual, o presidente da Câmara Municipal de Salvador (CMS), Leo Prates (DEM), se despediu do cargo e dos colegas da Casa nesta quarta-feira (31). “Queria saudar todos aqui da Mesa e do Plenário Cosme de Farias”, afirmou Prates antes da aclamação de Geraldo Jr, que assume seu lugar na chefia da CMS.

“Saúdo o excelentíssimo vereador Geraldo Júnior e os demais novos integrantes da nova mesa”, afirmou, ressaltando ainda que tem “orgulho de ter escolhido na minha gestão a mesa [diretora] mais negra da história da Câmara, para sintonizar com a história dessa cidade”.

Prates aproveitou para descartar as especulações de que integrará o secretariado do prefeito ACM Neto (DEM), na reforma administrativa municipal que deve ser anunciada em dezembro. “Já conversei (com ACM Neto). Eu vou para Assembleia”, afirmou, em conversa com a imprensa.

“Estou realmente emocionado, me sinto saindo da casa dos meus pais depois de me casar. É um sentimento de felicidade e nostalgia. Aqui me formei e me criei, devo tudo a esta Casa. Nunca esperei chegar tão longe”, disse, ao anunciar a decisão.

No discurso, Prates também confirmou a composição da Mesa Diretora. O vereador Kiki Bispo (PTB) ficará com a 1ª presidência da Casa. O edil deixou a 2ª vice e ocupa o segundo cargo mais importante da Casa. Isnard Araújo (PHS) ficou com a 2ª vice-presidência. Joceval Rodrigues (PPS) também estreia no colegiado. Agora ele ocupa a 3ª vice-presidência.

O secretariado será composto, em ordem, por Carlos Muniz (Podemos), Orlando Palhinha (DEM), Teo Senna (PHS) e Ana Rita Tavares (PMB). Duda Sanches (DEM) ficará com a corregedoria. Já Aladilce Souza (PCdoB) será a ouvidora. Daniel Rios (MDB), por sua vez, será o ouvidor substituto.

Comentários