19 de setembro de 2018 às 21:51
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Parque de Exposição recebe quase 2 mil animais para a 43ª Expofeira


Publicado em: 02/09/2018 11:40
Por: Redação | Foto: Reprodução Washington Nery


O Parque de Exposição João Martins da Silva está pronto para a 43ª Exposição Agropecuária de Feira de Santana. E as expectativas são as melhores para os negócios. A abertura oficial será na tarde de domingo, 2. Até o dia 9 a Expofeira reunirá cerca de 1,8 mil animais em suas baias fixas e móveis e nos galpões.

Além das vendas diretas entre os produtores rurais – animais como os da raça Santa Gertrudes, vindos de Sergipe, são negociados diretamente nos galpões, os criadores poderão adquiri-los nos quatro leilões que serão realizados, com as participações de bovinos e equinos.

Máquinas e equipamentos agrícolas também são encontrados no Parque de Exposição. Como acontece nos galpões e baias, os contatos iniciais são meio caminho andado para vendas futuras. As partes interessadas sabem onde se encontrar para transformar em vendas as conversas mantidas durante o evento.

Principal atração de lazer

Neste período, está sendo esperada a visita de cem mil pessoas. Durante a semana o Parque se torna a principal atração de lazer de Feira de Santana e de moradores de cidades da microrregião. Principalmente de crianças e dos pequenos estudantes, que são levados ao equipamento em barulhentas caravanas.

A diversão e a apreciada culinária regional terão como ponto principal o Caminho da Roça, que reúne os agricultores familiares, que além da comida levam o artesanato para seus pontos comerciais. O espaço é transformado num pequeno arraial, com suas casinhas coloridas com frentes floridas, igreja e coreto.

Começar e terminar cedo

E será no coreto que as atrações musicais se apresentarão. E neste ano apenas subirão ao palco os trios nordestinos: sanfoneiro, tocador de triângulo e zabumbeiro – e se for o caso um cantor. Os arrasta-pés estão marcados para começar cedo e terminar por volta das 22h.

Os visitantes também poderão testar suas coragens nos aparelhos do parque de diversão e as crianças mais uma vez terão a opção de andar de pônei. Depois é se deliciar com os pratos oferecidos nas barracas ou no Caminho da Roça. Afinal, saco vazio não fica em pé.

Outro ponto importante da Expofeira é a geração temporária de emprego e renda. Centenas de pessoas montam seus negócios. Muitos trabalham sozinhos e muitos outros para tocá-lo precisam de mão-de-obra. E são estas contratações que fazem girar a economia.

Comentários