20 de maio de 2019 às 13:43
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Novo ministro defende tirar Bolsa Família de aluno que agredir professor


Publicado em: 10/04/2019 11:55
Por: Estadão Conteúdo Foto: Divulgação


O novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou, em entrevista ao Estadão, que os alunos que agredirem professores devem ter retirado o benefício do Bolsa Família e até mesmo a tutela dos pais. “Se o aluno agride, o professor tem de fazer boletim de ocorrência. Chama a polícia, os pais vão ser processados e, no limite, tem que tirar o Bolsa Família dos pais e até a tutela do filho. A gente não tem que inventar a roda. Tem que cumprir a Constituição e as leis ou caminhamos para a barbárie. Hoje há muito o ‘deixa disso’, ‘coitado’. O coitado está agredindo o professor. Tem que registrar, o pai tem que ser punido. Se não corrigir, tira a tutela da criança”, defendeu ele. Defensor do enfrentamento ao chamado “marxismo cultural”, o titular do MEC diz que ficará vigilante a “tudo que sair” da pasta, como livros didáticos, e que ficará atento a “sabotagens”. No entano, ele descarta que haverá perseguição na pasta. “Não sou caçador de comunistas”, afirmou. Ele ainda disse que vai trabalhar para entregar o que está no plano de governo e não fará mudanças no Fies ou no Prouni: “Chega de solavanco”.

Comentários