17 de outubro de 2019 às 12:28
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Nelson Leal recebe integrantes que concorre ao sindicato dos jornalistas


Publicado em: 10/07/2019 21:31
Por: Ascom Presidência Alba | Foto: Divulgação


presidente diz que alba está aberta para fazer o debate dos rumos da profissão
 

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, acompanhado do chefe da Assessoria de Comunicação da ALBA, jornalista Paulo Bina, recebeu hoje (09.07), em seu gabinete, os integrantes da Chapa “Começar de Novo”, que concorre às eleições do Sindicato dos Jornalistas, em pleito marcado para os dias 17 e 18 de julho. Estiveram presentes ao encontro os candidatos a presidente e vice-presidente, respectivamente os jornalistas Moacy Neves e Fernanda Gama; as jornalistas Kardé Mourão e Isabel Santos, candidatas ao Conselho de Ética; o candidato a diretor de Comunicação, Nestor Mendes Jr.; e a Assessora de Comunicação da chapa, Carla Bahia.

“A principal reivindicação dos Jornalistas na Bahia, como nos informou Moacy, é o estabelecimento de um piso salarial estadual para a profissão, a exemplo do que já ocorre no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul. A Assembleia Legislativa da Bahia está de portas abertas para realizar esse debate, com a participação dos trabalhadores e das empresas. A velocidade da mudança nas comunicações, com a internet e as redes sociais, é espantosa, mas o Jornalismo é fundamental para filtrar e dar credibilidade às milhares de informações que recebemos a cada segundo”, diz Leal.

Os integrantes da “Começar de Novo”, também visitaram a TV ALBA, onde foram recebidos pelo seu presidente, Igor Dominguez, e pelos jornalistas que trabalham na redação da emissora. “O piso mínimo iria nos ajudar a estabelecer uma política salarial para a emissora. Em contrapartida, quero contar com o apoio do Sinjorba para estabelecermos uma luta nacional em defesa das emissoras de TV públicas, em questões como o direito autoral, por exemplo. Não é justo que um veículo não comercial pague o mesmo ao ECAD que uma TV comercial”, explica Dominguez.

Para o candidato à presidência do Sinjorba, em substituição à jornalista Marjorie Moura, as visitas às redações são cruciais para que o trabalho de refundação do sindicato dê certo. “Nós somos chapa única na disputa, mas fazemos questão de visitar todos os locais onde estão os jornalistas. Só com a participação coletiva, com todos em defesa do jornalismo anti-fakenews e da ampliação do mercado de trabalho, vamos ter êxito na luta de fortalecer, não só o Sinjorba, mas a nossa profissão. A acolhida na ALBA foi excelente e é mais uma esperança de que vamos alcançar os nossos objetivos”, diz Moacy Neves.

 

Comentários