14 de novembro de 2018 às 22:14
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

MPF em ilhéus e PF cumprem 50 mandados em prefeituras baianas


Publicado em: 07/11/2018 21:21
Por: AGENCIA DE NOTÍCIAS/ Foto: Divulgação


O Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus (BA) e a Polícia Federal (PF), em atuação conjunta, e com o auxílio da Controladoria-Geral da União (CGU), deflagraram simultaneamente, nessa terça (6) e quarta-feira (7), as operações Sombra e Escuridão e Elymas Magus. Em diversos municípios da região sul da Bahia foram cumpridos 13 mandados de prisão preventiva e 50 mandados de busca e apreensão em residências, sedes de empresas e repartições públicas, incluindo 23 prefeituras.

A Justiça Federal também determinou o bloqueio de valores/bens no montante de R$ 28.292.957,80 e o afastamento de um dos investigados do cargo e funções públicas que exercia em Ilhéus. Na residência de outro investigado, foi apreendida, ainda, uma arma ilegal, cartões de crédito, cheques em nome de terceiros, e mais de R$ 18 mil.

Investigações da PF e do MPF, e apurações da CGU/BA (e TCM/BA), revelaram a existência de duas organizações criminosas que atuavam por meio de ao menos 15 empresas de fachada. Segundo o MPF, as organizações criminosas “cartelizavam e dividiam o ‘mercado de licitações fraudadas’ em municípios do sul da Bahia, por vezes cooperando uma com a outra, em conluio. Atuavam mediante subcontratações ilícitas, com a utilização de empresas de fachada, constituídas fraudulentamente em nome de ‘laranjas’ e sem qualquer capacidade operacional para execução dos serviços contratados, apesar da vultosa soma de recursos públicos recebidos de diversas prefeituras em curto período de tempo”, afirma o Procurador da República Tiago Rabelo.

Comentários