17 de dezembro de 2018 às 16:05
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Malassombrado passará por avaliação psicológica, diz Prates


Publicado em: 05/12/2018 21:43
Por: AGENCIA DE NOTÍCIAS/ Foto: Divulgação


O presidente da Câmara de Salvador, Leo Prates (DEM), afirmou ter ficado feliz, mas, ao mesmo tempo, “preocupado” com a situação do vereador Vado Malassombrado (DEM), encontrado com vida na tarde desta quarta-feira (5), após ficar desaparecido desde a segunda (3). O democrata disse que Malassombrado precisará passar por “avaliação psicológica” para saber se terá condições de continuar exercendo o mandato – ele é suplente de Cláudio Tinoco, que se licenciou do cargo para comandar a Secretaria de Cultura e Turismo (Secult).

O vereador está sendo levado para o Departamento de Proteção à Pessoa (DPP), onde será ouvido. Leo ainda agradeceu o secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, por ter mobilizado equipes da polícia nas buscas pelo vereador e disse também que o prefeito ACM Neto (DEM) acompanhou a situação de perto. “Ele vinha monitorando as investigações. Me ligava para saber informações sobre Vado”, afirmou.

VEREADOR VADO MALASSOMBRADO É ACHADO NO BAIRRO DE ITAPUÃ

Vereador Vado Malassombrado é achado no bairro de Itapuã.

Desaparecido desde a última segunda-feira (03), o vereador vereador Edivaldo Ribeiro e Silva, 48 anos, o Vado Malassombrado (DEM) foi encontrado nesta segunda-feira (05) no bairro de Itapuã em Salvador. A informação foi confirmada ao Correio por uma fonte ligada à investigação.  “Acharam em Itapuã . Tenho a informação que ele esta vivo e íntegro mas bastante confuso”, disse a fonte.

Eleito vereador pela primeira vez em 2012, depois de uma tentativa frustrada em 2008, Vado conta em seu perfil no site da Câmara que já foi pedreiro, marceneiro, mecânico, carpinteiro, eletricista, ambulante, vendedor de picolé e de pastéis, antes de se tornar um edil. Vado é natural de Olinda (PE) e veio para Salvador quando tinha 12 anos.

É casado e tem dois filhos. Está no segundo mandato de vereador pelo Democratas, tendo assumido uma cadeira na Câmara Municipal de Salvador em 2013, com 4.059 votos. Na segunda eleição, sua votação chegou a 7.410 votos. Morador da localidade da Mangueira, na Cidade Baixa, ele realiza nas comunidades carentes há 30 anos com o Trio Malassombrado (carro de som construído por ele).

Comentários