15 de dezembro de 2018 às 18:50
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Governador participa da posse de 17 procuradores do Estado


Publicado em: 23/05/2018 6:57
Por: Secom - Secretaria de comunicação social


A Procuradoria Geral do Estado (PGE) empossou 17 procuradores na tarde desta terça-feira (22), em solenidade no Auditório Paulo Spínola, na sede da instituição, em Salvador, com a presença do governador Rui Costa. Os novos procuradores foram aprovados em concurso público realizado em 2014.
Na ocasião, o governador afirmou que esta tarde “ficará marcada na vida de cada um dos novos procuradores e de seus familiares. Desejo um excepcional trabalho e que todos possam se realizar nessa carreira na Procuradoria, que se moderniza a cada momento. Espero que todos se dediquem ao máximo e deem o melhor de si nesse novo desafio, a fim de contribuir para melhorar a vida da população baiana”.
Para o procurador-geral do Estado, Paulo Moreno, “a chegada desses profissionais representa uma importante vitória da PGE e o suprimento de uma necessidade do Estado. Os novos procuradores vão atuar nas unidades de Barreiras, Ilhéus, Feira de Santana, Vitória da Conquista e Juazeiro”.
Assim como os outros procuradores que já integram o quadro da PGE, os recém-chegados possuem nível superior em Direito e passam a ter a responsabilidade de representar o Estado judicial e extrajudicialmente. Desta forma, quando o Estado é apontado em qualquer ação judicial, o procurador assume o papel de defensor e prepara uma resposta para ser apresentada à justiça. Outra atividade inerente à rotina de um procurador é o oferecimento de consultoria jurídica em todas as operações realizadas no escopo do Estado.
Empossado nesta terça (22), Tarcísio Menezes sabe que vai “ter muito trabalho pela frente”, mas garante que “todos estão chegando com muita disposição e energia para cumprir a tarefa de conferir segurança jurídica às políticas públicas de Estado”.
Uma das representantes femininas da lista, a procuradora Ana Carolina de Carvalho Neves lembra que o caminho foi longo até chegar à função. “O cargo de procurador do Estado exige muito estudo. Estudo que vem acompanhado de muita abnegação, força de vontade e determinação. Essas características estão presentes em todos os procuradores da PGE”, avalia.

Comentários