23 de maio de 2019 às 22:31
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

FEIRA: Prefeito diz que cumprirá reajuste professor proposto pelo MEC


Publicado em: 11/03/2019 7:58
Por: SECOM-GOB/BA / Foto: Divulgação/GOVBA


Prefeito Colbert Martins e secretários estiveram em audiência com o governador Rui Costa.

A Prefeitura de Feira de Santana vai cumprir o reajuste previsto pelo MEC para o piso salarial de 2019 dos professores da rede municipal de educação. O anúncio é do prefeito Colbert Martins Filho, que chama a atenção da APLB para a gravidade de uma paralisação da categoria, anunciada para a próxima segunda-feira.
“Estamos em período de   exame do Ideb 2019. Esta é uma avaliação dos nossos alunos, mas tambem algo intrinsecamente vinculado ao  desempenho dos professores. Não há aluno bem sucedido, sem que esteja sob o acompanhamento de um professor capaz e dedicado”, diz o prefeito. Colbert observa que  o Ideb  impactar no volume de recursos destinados pela União para o ensino fundamental em Feira de Santana.
O prefeito lembra que o Município está rigorosamente em dia com os compromissos salariais dos professores e cumprirá este ano  o reajuste proposto pelo MEC. “Feira de Santana vive uma situação  bem adversa de muitos municípios e de estados que sequer estão  repondo a inflação nos últimos anos”.
Sobre recursos dos precatórios do Fundeb, Colbert  relembra que uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) veda o uso da verba para remuneração de professores, a qualquer título.
E reitera o compromisso de adotar “todas as medidas legais e possíveis” para manter as aulas, “um direito das nossas crianças e das famílias”. Segundo ele, os pais dos estudantes merecem de todos “o respeito e o empenho em torno dos seus filhos”.
Colbert leva demandas de Feira ao governador Rui Costa
Uma primeira audiência para apresentação de vários temas que vão ser analisados e podem render decisões importantes nos próximos meses. É como resume o prefeito Colbert Martins, o seu encontro no Palácio de Ondina, ontem, com o governador Rui Costa.
Não há decisões, por enquanto, frisa o prefeito. Os assuntos foram colocados à mesa para que sejam encaminhados junto aos diversos órgãos responsáveis. “Tivemos uma reunião de cunho institucional, em que interesses do Município e do Estado foram relembramos, com suas pendências”, analisa o prefeito.
Falou-se na audiência, entre outros assuntos, da conclusão do Centro de Convenções, que aguarda liberação de recursos; da entrega da Lagoa Grande para a gestão do Município, mas que depende das obras de esgotamento sanitário no seu entorno; de escolas estaduais que devem ser transferidas para a rede municipal; do Centro Industrial do Subaé (tanto das antigas instalações, já que a autarquia foi extinta, como do núcleo que deve ser implantado na BR 116 norte) e da Policlínica Regional e seus ajustes financeiros junto às prefeituras que integram o consórcio.
Colbert disse que o governador mostrou-se sensível em discutir todos os assuntos. “Fez vários telefonemas de imediato, buscando informações e pedindo providências para acelerar soluções. Creio que dentro em breve teremos boas noticias de todas essas questões que lhe foram apresentadas”.
O prefeito esteve acompanhado do secretário Carlos Brito, de Planejamento, e do diretor da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Feira, Denilton Pereira de Brito. Acompanhou o governador a sua secretaria de Relações Institucionais, Cibele Oliveirra.

Comentários