25 de setembro de 2018 às 22:03
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Defesa mais sólida, aposta na base e 10 pontos na conta


Publicado em: 10/09/2018 20:52
Por: Gabriel Lopes (gabriel.freitas@redebahia.com.br) (Foto: Maurícia da Matta / ECVitória)


Rubro-negro já soma quatro jogos seguidos sem perder e sem tomar gols no Campeonato Brasileiro.

Após o triunfo do último domingo (9), contra o Vasco, por 1 a 0, o Vitória agora respira mais aliviado no Campeonato Brasileiro. Com 29 pontos conquistados, o Leão abriu uma vantagem de cinco pontos da zona de rebaixamento e ocupa a 12ª posição na tabela.

Nas últimas partidas, o rubro-negro conseguiu um feito que deixa o torcedor orgulhoso: não levar gols. O Vitória ainda tem a pior defesa da competição com 40 gols sofridos, mas a melhora do setor pode ser explicada com o desempenho recente. O time comandado por Carpegiani já soma quatro jogos seguidos sem perder (três vitórias e um empate) e sem tomar gols no Brasileiro. A sequência é inédita na história do clube na era dos pontos corridos, que foi iniciada em 2003.

Efeito Carpegiani e aposta no campo do lado
Antes da chegada de Paulo Cézar Carpegiani, o rubro-negro havia sofrido 36 gols em 18 partidas (média de dois gols por jogo). Com ele no comando, são quatro gols sofridos em seis partidas e uma queda na média (0,67 gols por jogo).

O retorno do treinador ao Vitória deu novos ares na Toca do Leão com uma aposta já conhecida: atletas da base. Desde quando assumiu o time, Carpegiani tem dado oportunidades a jogadores como Lucas Ribeiro (zagueiro), Léo Gomes (volante) e Léo Ceará (atacante), todos formados no Leão. A resposta veio com atuações mais seguras na defesa e os resultados positivos conquistados.

Depois da partida contra o Vasco, Léo Gomes falou sobre o triunfo no Barradão. “Aqui dentro de casa nós precisamos ditar o jogo e foi isso que a gente fez. Conseguimos os três pontos e subimos na tabela”, disse o atleta, que deu um passe para o atacante Erick fazer o gol da noite.

Comentários