14 de novembro de 2018 às 13:36
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Comércio de bairro cresce e atrai interesses


Publicado em: 20/10/2018 20:38
Por: TB | Por Adilson Fonsêca


Para se deslocar de Cajazeiras em direção ao centro da cidade para fazer compras, o consumidor gasta em média uma hora e trinta minutos, pegando um transporte até a Estação Pirajá e de lá, de metrô, até a Estação da Lapa. E depois terá que percorrer a maior parte da Avenida Sete e parte da Baixa dos Sapateiros para encontrar o produto que procura.

Essa situação, tão comum anos atrás, vem mudando e se intensificando com o passar do tempo e os bairros, antes pólos residenciais, cada vez mais criam estruturas de comércio e serviços, fazendo com que centros tradicionais do comércio varejista, como Avenida Sete, Baixa dos Sapateiros, Comércio, Barra e Pituba, sejam esvaziados e se reconfigurem nas suas atividades.

É o caso da Pituba, que perdeu o status de comércio diversificado e hoje concentra mais farmácias, ou a Barra e o Comércio, quem perderam a maior parte das lojas de confecções para os bairros.

Comentários