19 de janeiro de 2019 às 17:34
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Chineses da ponte aceleram os movimentos rumo a Salvador


Publicado em: 25/11/2018 14:49
Por: colunalevi@gmail.com | Foto: Divulgação


Se ainda há quem duvide que a ponte Salvador-Itaparica pode tornar-se uma realidade, convém excluir do time dos incrédulos os chineses da China Railway Group Limited (Crec), uma das empresas responsáveis pela construção das três maiores pontes do mundo.

O governo baiano promete lançar o edital agora em dezembro e a Crec já formou um consórcio de empresas multidisciplinares chinesas que estão a atuar sob sua liderança para desenvolver o projeto do Sistema Viário do Oeste, que inclui a ponte.

No Portobelo

O fato foi comunicado a João Leão, que estava governador em exercício, pelo presidente da Crec na América Latina, Zhang Yanlin. Ele diz que a empresa está preparada técnica e financeiramente para a empreitada.

A Crec também está de olho na Fiol. E planeja estender os seus tentáculos empresariais nas bandas hoteleira e imobiliária no baixo sul, áreas de Valença e Cairu, além da ilha.

O Instituto Pensar, presidido pelo ex-deputado Domingos Leonelli, promoveu no último dia (22) no Hotel Portobelo (Ondina) o debate China: socialismo criativo.

Com a palavra o professor Elias Jabbour, da Uerj, especialista em China. O debate será transmitido ao vivo pelo site do instituto.

A ponte é a joia das obras no segundo mandato de Rui.

Comentários