12 de dezembro de 2018 às 10:06
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

CEP: dezesseis bairros de Salvador tiveram números alterados


Publicado em: 10/10/2018 21:07
Por: As informações são do jornal Correio.


A alteração foi anunciada pelos Correios na manhã desta terça-feira (9) e é a primeira leva de uma série de mudanças nos CEPs da capital. Ainda não há data para as próximas.

Você sabia que alguns bairros de Salvador tiveram os números dos CEPs alterados? São eles: Cajazeiras, Boca da Mata, Águas Claras e Castelo Branco. Juntos, eles bairros reúnem uma população de mais de 177 mil moradores, segundo dados do Censo 2010, do IBGE. A alteração foi anunciada pelos Correios na manhã desta terça-feira (9) e é a primeira leva de uma série de mudanças nos CEPs da capital. Ainda não há data para as próximas.

De acordo com informações da assessoria dos Correios, a medida foi devido à lei municipal nº 9.278, aprovada no ano passado e que criou 163 bairros na cidade – antes, eram apenas 32. Assim, a empresa iniciou uma “ampla atualização do Sistema de Diretório Nacional de Endereços (DNE)”, que resultou no ajuste de ruas e trechos para outros bairros e CEPs alterados.

Só Cajazeiras foi oficialmente dividida entre 13 bairros – além de todas as homônimas, há ainda locais como Jaguaripe I e Fazenda Grande I, II, III e IV. Ao todo, 1.302 CEPs foram atualizados, entre todos os 1.913 existentes no antigo bairro de Cajazeiras. As mudanças foram concluídas em setembro.

Saiba como ficar sabendo

Quem quiser saber se o seu CEP mudou já pode consultar o novo número no site dos Correios na internet (www.correios.com.br). Através da assessoria, a empresa destacou que, “como a alteração do DNE resultou em inclusões, alterações e exclusões de logradouros, é importante a população estar atenta para obter o novo CEP de seu endereço, caso ocorra alteração”.

As alterações já estão sendo comunicadas através de mala direta postal aos moradores dos bairros afetados, sendo entregues pelo próprio carteiro que atende o logradouro. O impacto, segundo a empresa, chegou apenas à equipe do Centro de Distribuição Domiciliar de Cajazeiras, que deve continuar realizando a distribuição dos objetos postais normalmente até a consolidação da informação pelos clientes.

Se alguém deixar de receber uma encomenda ou correspondência, os Correios informam que os objetos “receberão a identificação de Mal Endereçados, inserção do CEP correto e serão recolocados no fluxo postal de distribuição ao destinatário”. A empresa garante que nenhum cliente será prejudicado com a mudança.

Comentários