19 de junho de 2019 às 18:32
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Centro de Extensão: ações sociais que transformam


Publicado em: 11/06/2019 7:52
Por:


Há aproximadamente dez meses, a rotina de Alana Souza Andrade mudou. A garotinha, de apenas nove anos, desde junho do ano passado, tem compromisso marcado todas as segundas e sextas, sempre das 9 às 10 horas. Nesses dias e horários, ela se dedica à prática do judô.

Alana faz parte de um grupo, composto por 200 crianças e jovens, entre cinco e 17 anos, atendido, gratuitamente, pelo projeto “Judô – Uesb para a comunidade”. A ação é desenvolvida pelo Centro de Extensão e Ação Comunitária (Ceac) da Universidade, que foi implantado em 2007, na cidade de Vitória da Conquista.

Com 12 anos de existência, o Centro de Extensão procura incentivar o fazer extensionista, adaptado às demandas da realidade regional, prestando diversos serviços à população. A ideia é de que, por meio do Ceac, algumas carências sociais sejam minimizadas e, assim, a comunidade possa ter oportunidade de melhorar sua qualidade de vida a partir de uma proposta inclusiva.

Para a mãe de Alana, Bia Souza, o judô ofertado pelo Centro de Extensão segue por esse caminho. Segundo ela, “muitos pais não têm condições de pôr seu filho em aulas particulares desse tipo”, então, o Ceac surge como uma excelente possibilidade de inserção no esporte. Bia ainda destaca alguns aspectos positivos que o judô vem proporcionando para a sua filha, como o rápido desenvolvimento físico e o aumento do senso de responsabilidade.

Já Cleriston de Oliveira, de 23 anos, viu no Centro de Extensão a possibilidade de se aperfeiçoar no xadrez, curso ofertado em parceira com o Clube Conquistense de Xadrez: “Sempre tive muita prática em jogar, mas eu tinha pouca técnica em teoria. Então, foi isso que eu busquei principalmente, além do certificado que também considero importante”.

Para ele, a iniciativa é muito interessante, pois proporciona o aperfeiçoamento para aqueles que já conhecem o xadrez e oportuniza que um maior número de pessoas conheça o esporte. “Eu sei que muita gente nunca teve a oportunidade, mesmo eu [que já praticava xadrez] descobri muita coisa nova. Isso motiva demais qualquer um que gosta do jogo e tem interesse em seguir no esporte”, comenta Cleriston.

Além do judô e do xadrez, o Ceac conta com o Centro Digital de Cidadania (CDC). Segundo a coordenadora do espaço, Karine Cavalcantti, desde 2008, o CDC vem oferecendo cursos básicos de Informática e acesso à internet gratuito à população, no intuito de promover a inclusão digital e contribuir para a formação de cidadãos.

Karine lembra ainda de outras atividades ofertadas pelo Centro de Extensão, ao longo de sua existência, como aulas de dança, oficinas de violão, reforço para supletivo, cursos de redação e de artesanato e curso técnico de Manutenção de Computadores. “O Centro de Extensão vem contribuindo com ações de promoção social que visam o desenvolvimento educacional e de aptidões, numa perspectiva de que [as pessoas] alcancem melhor qualidade de vida, consciência crítica, inclusão social e de cidadania”, destaca a coordenadora.

Espaço de compartilhamentos – Por funcionar em local central em Vitória da Conquista, além de suas atividades próprias, outras ações extensionistas da Universidade funcionam no Ceac. Assim, constitui-se como espaço contínuo de interlocução entre a Universidade e comunidade.

No Centro de Extensão, atualmente, funciona o Balcão de Justiça e Cidadania, que oferece orientação jurídica gratuita e realiza audiências autocompositivas para solução de conflitos. Lá, também são desenvolvidas as atividades do Programa de Extensão Indicadores Econômicos de Vitória da Conquista, que realiza a pesquisa de preços para cálculo e a divulgação mensal do valor da Cesta Básica e do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O Ceac recebe ainda turmas do Programa Universidade Para Todos (UPT), que são formadas por alunos em preparação para o vestibular e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As aulas de Canto Coral, disponibilizadas pela Coordenação de Cultura da Uesb, também acontecem no Centro de Extensão.

 

Comentários