17 de novembro de 2018 às 00:39
Escolha seu idioma:
CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Aplicativo da SMT permite motorista registrar acidente no local


Publicado em: 27/08/2018 17:28
Por: Redação | Foto: Reprodução


Sec. Valdomiro com prefeito Colbert Martins Filho

Quem se envolver num acidente de trânsito em Feira de Santana, já pode registrar a ocorrência, informando o local, as circunstâncias, anexar fotos dos veículos envolvidos e dados pessoais dos condutores e enviá-los imediatamente à central de monitoramento da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT).

Todos estes procedimentos, que antes exigiam o deslocamento dos condutores de veículos automotivos evolvidos em acidentes de trânsito até o órgão, passam a ser realizados de forma prática e eficiente, através de um moderno aplicativo desenvolvido pela SMT.

Feira de Santana é pioneira

“Feira de Santana passa a ser a primeira cidade brasileira a contar com uma plataforma digital com este perfil”, comemora o superintendente de trânsito, Maurício Carvalho (foto), durante o lançamento do aplicativo, ocorrido na manhã desta sexta-feira, 24, na Sala de Imprensa Arnold Silva, no Centro de Atendimento ao Feirense (CEAF).

Pensado para facilitar a vida dos cidadãos, o aplicativo vai gerar um número do protocolo da ocorrência, permitindo ainda que o condutor acompanhe todo o processo através do próprio celular. De acordo com Carvalho, “o protocolo é um documento oficial e terá validade para fins legais, a exemplo do detalhamento da ocorrência para dar entrada nas empresas de seguro e em ações judiciais”.

Comparação com Aracaju

Apoiado em dados que indicam a redução de 30% de notificações de trânsito na cidade, a queda de 18,3% de acidentes e o recuo de 40% de mortes no trânsito, no período de um ano, o prefeito Colbert Martins Filho (foto) ponderou que “Feira de Santana é uma cidade relativamente mais segura que Aracaju, que tem o mesmo porte”.

Transformar dados em vidas salvas

Graças às intervenções do Governo Municipal na construção de equipamentos urbanos como viadutos e túneis, treinamento de agentes de trânsito e a ajuda da tecnologia, “nós queremos transformar os números negativos do trânsito em vidas salvas, ou seja, menos mortes no trânsito”, disse o prefeito.

O ato contou com a presença do secretário de Comunicação, Valdomiro Silva (Comunicação), do publicitário Moacir Mansur (Cidade Propaganda), agentes de trânsito e representantes da imprensa.

Comentários